Reforma do Ensino Médio: quais os possíveis impactos para o ENEM?

Coordenação – 21/12/2016

reforma do ensino médio

No dia 22 de setembro de 2016 foi apresentada pelo Poder Executivo Federal, a medida provisória (MP) que trata da Reforma do Ensino Médio.

Tais reformas, afetam o  conteúdo e o formato das aulas, e consequentemente terão impacto direto na elaboração dos vestibulares e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A Medida Provisória deverá de ser aprovada em até 120 dias pelo Congresso Nacional, se a aprovação não ocorrer nesse ínterim, a MP perderá os efeitos.

Novo Ensino Médio:

O MEC informou, através do Portal do Ministério da Educação, que “o  Novo Ensino Médio trata da oferta de uma alternativa de formação média de nível técnico e profissional. Nessa proposta, essa formação deverá ocorrer dentro do programa escolar regular, que hoje só é possível nas escolas de tempo integral. Com isso, será possível que os jovens continuem desenvolvendo as competências gerais que fazem parte da base comum e possam se dedicar a atividades de cunho mais prático e aplicado, desenvolvendo competências específicas em áreas profissionais, capacitando-se para o trabalho qualificado, e continuem os estudos em nível superior, em cursos tecnológicos e superiores, em uma etapa seguinte”

O Ministreforma ensino médio.ério da Educação anunciou, ainda, que não ocorrerá corte de nenhuma disciplina.

Justificativa da Reforma

De acordo com o Ministério da Educação, a Reforma do Ensino Médio tem por objetivo o focar na aprendizagem do aluno, na manutenção dos jovens na escola e na oferta de uma proposta curricular e que atenda às necessidades individuais dos estudantes.

A Reforma afeta o ENEM?

As mudanças propostas na reforma podem trazer um novo modelo para o Exame Nacional do Ensino Médio.  O Ministério da Educação terá que repensar as formas de avaliar o ENEM, uma das possibilidades é que exista modelos diferentes do Exame, de acordo com as áreas de formação escolhidas pelos estudantes.

O MEC esclareceu que o Enem não sofreria mudanças em 2016. No entanto, a Medida Provisória que define as mudanças no ensino médio, estabelece que o Exame Nacional do Ensino Médio deverá cobrar, após a implementação da reforma, apenas o que for determinado pela Base Nacional Comum Curricular.

Por hora, os estudantes não precisam se preocupar com os impactos do novo ensino médio.

O Estratégia Concursos já lançou cursos para o ENEM 2017, confira em: 

CURSOS – ENEM 2017 – EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO

Assessoria de Comunicação

[email protected]