O Natal é uma festa cristã?

Olá, você estudante do Estratégia ENEM!

Aqui é o Professor Raphael Reis, graduado em História, Especialista em Políticas Públicas e Gestão Social e Mestre em Educação. Sou Professor do Estratégia ENEM das disciplinas de Filosofia e Sociologia.

É bem provável que você, assim como eu, já escutou em vários natais a música “Então é Natal”, na voz da cantora Simone. A letra da música e a sua melodia são bonitas, mas quando os seus familiares resolvem tocá-la repetidas vezes…

Bem, chegamos mais uma vez no dia 25 de dezembro, “então é Natal, a festa Cristã”. É isso mesmo?

Não. Não é bem assim. Essa comemoração data segundo alguns vestígios arqueológicos pelo menos a 7 mil anos antes do nascimento de Jesus Cristo.

Era uma celebração do solstício de inverno, que acontece no final de dezembro e está relacionada ao calendário agrícola, portanto uma expectativa frente à colheita, à fertilidade do solo e à manutenção do ciclo da natureza. Era um momento de muita festa, afinal, as pessoas precisavam se alimentar nos próximos meses!

Os gregos aproveitavam o solstício para cultuar Dionísio, o deus do vinho (ainda bem que zelamos por essa tradição!). Já em Roma era uma prática para cultuar o deus da Luz, deus Mitra.

Mitra ganhou uma celebração exclusiva: o Festival do Sol Invicto. Esse evento passou a fechar outra festa dedicada ao solstício – a Saturnália, que durava uma semana e servia para homenagear Saturno, senhor da agricultura. Faziam sacrifícios aos deuses e as famílias se reuniam em suas casas, onde festejavam, comiam e trocavam presentes.

Em Roma, os mais animadinhos se entregavam a orgias (bem, não posso falar que isso seria uma ideia boa, vai depender de pessoa para pessoa!). Aliás, os romanos faziam isso com muita frequência, não somente nesta data.

Quando o Imperador Constantino deu fim as perseguições aos cristãos e o Imperador Teodósio tornou o Cristianismo religião oficial do Império (IV d. C), era necessário substituir as tradições pagãs e uma delas foi justamente datar o nascimento de Jesus no dia 25 de dezembro, no nascimento do deus Mitra – até então, as datas mais importantes para os cristãos eram a sexta-feira santa (crucificação) e a Páscoa (ressurreição), simbolizando o martírio e a morte de Cristo.

Esta é uma convenção do dia do nascimento de Jesus Cristo, já que não há nenhuma informação sobre isso nos textos bíblicos, passando a vigorar a partir do século IV d.C. Era uma forma de associar Jesus com uma nova era que traria luz, a salvação humana. Dessa forma, a Igreja Católica incorporou uma tradição pagã.

 

Antes de prosseguirmos, convido você baixar gratuitamente as aulas demonstrativas de várias disciplinas do Estratégia ENEM. Basta clicar no link.

 

Não há relatos ou vestígios de como eram os primeiros natais cristãos, mas é fato que a troca de presentes (com justificativa nos reis magos) e a ceia permaneceram (principalmente a carne assada, que era uma carne considerada nobre e que até hoje é tradição em nossas mesas natalinas).

Outros elementos foram acrescentados ao longo do tempo e das sociedades como a árvore de natal (tradição nórdica), o presépio (o primeiro quem organizou foi São Francisco de Assis, no século XIII, e curiosamente foi um presépio humano!), o Papai Noel (São Nicolau que viveu na Antiguidade e distribuía dinheiro e presentes), etc. Aliás, Papai Noel que ganha nova roupagem (a roupa vermelha e a bota preta) no século XIX, com a comunicação de massa, através da publicidade da empresa Coca-Cola.

“Então é Natal, a festa pagã-cristã”. Independentemente de suas convicções religiosas ou motivos de festejar esta festa, que marca um forte simbolismo em nossa cultura Ocidental, que o Natal possa ser um estímulo a um momento agradável em um mundo de tantas incertezas e medos. Que a reunião de pessoas queridas enseje em nós a solidariedade, a fraternidade e diálogos.

Desejo a todos os estudantes do Estratégia ENEM, aos professores e outros profissionais, um excelente Natal! Que venha 2017 com muitas conquistas positivas!

Gostou do artigo? Compartilhe com os amigos!

Confira a apresentação doo Estratégia ENEM. Basta clicar no link.

 

Quer entrar em contato comigo? Então, anota aí!

E-mail: [email protected]

Facebook: Professor Raphael Reis

Youtube: Don Raphael Reis

Cadastrar-se: goo.gl/JlOYv9